Morre em São Paulo o humorista Jô Soares

05/08/2022 08h35

Morreu na manhã desta sexta-feira, 5, em São Paulo, o ator e humorista José Eugênio Soares. Mais conhecido como Jô Soares, ele tinha 84 anos e estava internado desde o final de julho no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.  

Com uma das carreiras mais profícuas da história da TV brasileira, Jô foi um humorista, apresentador de televisão, escritor, dramaturgo, diretor teatral, ator e músico. 

Entre seus principais trabalhos estão o programa "Viva o Gordo", produzido e exibido entre 1981 e 1987, na Globo. Nele, ele interpretava diversos personagens como Capitão Gay, Vovó Naná, Pai Coruja e Dalva Mascarenhas, dentre outros. 

O mais lembrando, junto com Capitão Gay foi onde o célebre "Zé da Galera", que conversa, pelo Orelhão (telefone público) com o então treinador da Seleção Brasileira na Copa de 1982, Telê Santana, suplicando ao mesmo que "colocasse ponta" no time. "Bota ponta Telê", era o seu bordão que, como se diz nos diz de hoje, virou meme.  

Depois de sair da Globo, no final de 1987, apresentou de 1988 a 1999 o Jô Soares Onze e Meia no SBT e de 2000 a 2016 o Programa do Jô na Globo.

 A notícia de sua morte foi divulgada pela ex-mulher de Jô Soares, Flavia Pedras, em uma publicação de sua página pessoal do Instagram. A notícia também foi confirmada pela assessoria de imprensa de Jô. 

Ainda não há detalhes sobre velório e sepultamento.

COMPARTILHE:
MAIS NOTICIAS
Acessem nossas redes sociais:
© 2022 — JORNAL DOS VALES - Todos os direitos reservados