Trabalhadores são libertos da escravidão em Divinolândia

21/06/2022 20h11


Um grupo de 14 pessoas foi resgatado do "regime de escravidão" nesta terça-feira em uma propriedade rural de Divinolandia de Minas. A ação foi de uma equipe de fiscais da Gerência Regional do Trabalho de Valadares e contou com o apoio da Polícia Militar.

Segundo os agentes federais, o grupo seria de uma cidade do interior do Maranhão e estariam na região atuando no corte de eucaliptos, com a promessa de receberem R$ 20 por metro cortado. O grupo, que é composto de 13 homens e uma mulher, estavam hospedados em condições deploráveis, sem receber pelo trabalho que faziam e vivendo de ajuda oferecida por vizinhos. Eles também não tinham sequer um local adequado para dormir. O grupo ainda era obrigado a arcar com as despesas de hospedagem e alimentação.

Os agentes também autuaram um homem que estaria responsável pelo grupo. Ela gora poderá responder pelo crime análogo à escravidão, previsto no artigo 149 do Código Penal. Além disso, outra ação a ser tomada será a de providenciar a volta do grupo para seu estado, o que deve ocorrer nos próximos dias.


COMPARTILHE:
MAIS NOTICIAS
Acessem nossas redes sociais:
© 2022 — JORNAL DOS VALES - Todos os direitos reservados