Ronaldo diz que treinador do Egito foi o pior de sua carreira

A pedrada foi dada pelo ex-camisa 9 da canarinho durante sua participação no programa Seleção SporTV Copa desta quinta-feira (14)

Ronaldo Fenômeno revelou que o atual técnico do Egito, Hector Cuper, foi o pior treinador que ele teve na carreira. A pedrada foi dada pelo ex-camisa 9 da canarinho durante sua particiapação no programa Seleção SporTV Copa desta quinta-feira (14), na Rússia. Ambos trabalharam juntos na Inter de Milão. Ronaldo questionou o fato de Cuper estar na ativa até hoje. "É uma assombração, porque eu trabalhei com ele na Inter e minha história na Inter terminou muito mal por causa dele. Ele continua aí, deve ter o melhor empresário do mundo" , destacou. Questionado pelo jornalista André Rizek, se Cuper foi o pivô da saída dele para o Real Madrid, em 2002, o pentacampeão respondeu afirmativamente: "Sem dúvidas. Eu já estava na minha recuperação, precisando jogar. A gente não tinha uma boa relação. Eu nunca pensava em permitir chegar para presidente e pedir entre eu ou o treinador. Nesse dia, eu fui e, para a minha surpresa, o presidente escolheu o treinador. O que, por outro lado, foi maravilhoso porque eu pude jogar no Real Madrid. Mas esse, sem dúvidas, foi o pior treinador que eu tive". O ex-jogador ainda revelou detalhes dos bastidores do time. "Os métodos que ele usava. Todos os dias, no aquecimento, eram quatro quilômetros, muitos detalhes que incomodavam os jogadores. Antes do jogo, quando a gente passava, ele dava tapão no peito. Ele achava que ia motivar. Eu contraía o peito para não doer, né?",  falou aos risos. Cuper está à frente da seleção egípcia nesta Copa do Mundo na Rússia e fará a sua estreia nesta sexta-feira, às 9h, contra o Uruguai.