Carlos Viana integrará chapa de tucano

O jornalista, inclusive, acompanhou Anastasia em sua viagem a Uberaba

Depois de anunciar em Uberaba, no Triângulo Mineiro, o deputado federal Marcos Montes (PSD) como pré-candidato a vice-governador em sua chapa, o senador e pré-candidato ao governo de Minas Gerais pelo PSDB, Antonio Anastasia, vai se concentrar na composição da chapa para as duas vagas no Senado Federal. 

É esperado para os próximos dias o anúncio do jornalista Carlos Viana (PHS) em um dos postos. Segundo fontes próximas tanto do tucano quanto de Viana, já é dada como certa a aliança. O jornalista, inclusive, acompanhou Anastasia em sua viagem ao Triângulo Mineiro na segunda-feira. 

De acordo com um dos integrantes do grupo político do tucano, apesar de a aliança não estar formalizada, a ida do jornalista a Uberaba foi vista com bons olhos. ?A atitude espontânea de Viana de acompanhar e apoiar a pré-candidatura do senador, com certeza, será levada em consideração. Na política, os gestos contam muito, e essa atitude dele, certamente, será lembrada, e ele vai ter prioridade no momento de composição da chapa?, contou.

Ainda segundo o interlocutor, caso o nome de Viana se viabilize na chapa de Anastasia, a candidatura do jornalista vai ganhar mais força. ?O Viana já tem muitos votos de evangélicos. Ao lado do professor, ele vai angariar a simpatia de muitos prefeitos e lideranças políticas que apoiam Anastasia. Ele é um bom candidato, tem ótimas ideias, é um homem sério e bem-intencionado?, explicou. 

Em Uberaba, o jornalista declarou que seu desejo é que o PHS caminhe com o senador, mas afirmou que a decisão ainda deve passar pela executiva nacional. ?Na minha opinião, o professor Anastasia é o mais capacitado para assumir o Estado?, afirmou.

Viana já havia sido sondado para participar das chapas de outros candidatos ? inclusive foi especulado para ser apoiado pelo próprio governador Fernando Pimentel (PT). Na época, no entanto, o jornalista negou se aliar aos petistas.

Questionado sobre o apoio de Carlos Viana ao tucano, o prefeito de Belo Horizonte e maior liderança do PHS na cidade, Alexandre Kalil, disse que ?cada um apoia quem quiser?. O prefeito da capital ainda não se posicionou em relação à corrida eleitoral deste ano. Caso o PHS confirme a coligação com o PSDB, a legenda vai se somar ao PTB, ao PSC, ao PSD e ao PPS, que já declararam apoio ao nome de Anastasia ao governo.