Aos 86 anos, morre nos EUA o cineasta Milos Forman

Ele foi diretor de "Um Estranho no Ninho" e "O Povo Contra Larry Flynt"

O cineasta Milos Forman morreu na sexta-feira, 13, aos 86 anos, no Estado norte-americano de Connecticut. A confirmação foi feita pela esposa dele, Martina, em comunicado da agência de notícias tcheca CTK.



Tcheco, mas radicado nos Estados Unidos desde o fim da década de 1960, Forman foi responsável pela direção de alguns dos grandes filmes da história do cinema.



Entre suas maiores obras, estão "Um Estranho no Ninho", "Hair", "Amadeus" e "O Povo Contra Larry Flynt". "Um Estranho no Ninho" e "Amadeus" tiveram premiações do Oscar.