Oficina da Rede Amamenta e Alimenta Brasil capacita profissionais de saúde em Fabriciano

O objetivo do evento é capacitar os profissionais das UBSs para trabalhar o aleitamento materno e a alimentação complementar de crianças entre 0 a 2 anos na atenção básica.

Foto: ACS/PMCF

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu nessa quinta-feira, 12, uma capacitação da Oficina da Rede Amamenta e Alimenta Brasil para todos os profissionais das Unidades de Saúde dos bairros Amaro Lanari, Caladinho do Meio, JK, Mangueiras e Morro do Carmo. O treinamento foi replicado por enfermeiros e nutricionistas da rede municipal de saúde que também foram orientados por profissionais de nutrição e equipe do Núcleo de Atenção Primária das Unidades Regionais de Saúde (NAPRIS).

Segundo a Referência Técnica de Alimentação e Nutrição da Superintendência Regional de Saúde, Aline Eliane dos Santos, o objetivo do evento é capacitar os profissionais das UBSs para trabalhar o aleitamento materno e a alimentação complementar de crianças entre 0 a 2 anos na atenção básica. “É muito importante acompanharmos a transição da criança entre o aleitamento e a alimentação. Moramos em um país onde a amamentação das crianças não é colocada como prioridade. Os profissionais capacitados aqui serão fontes replicadoras desse cuidado e atenção às nossas crianças”, afirma.

A enfermeira da Atenção Básica, Marcela Lane, participou da oficina e, segundo ela, essa fase da criança é fundamental para seu desenvolvimento. “A amamentação é o ponta pé inicial para a questão da saúde do bebê, pois com ela, a criança adquire todos os nutrientes necessários, proteção contra diversas doenças na primeira infância e se previne contra infecções”, conclui.

Ao final, os participantes receberam um certificado de que estão aptos e habilitados para serem tutores e replicar as informações recebidas em todas as UBSs do município. O cronograma das unidades remanescentes que irão receber a oficina será definido em breve.

Saiba mais

A Estratégia Nacional para Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no SUS, da Rede Amamenta e Alimenta Brasil, foi aprovada pelo Conselho Municipal de Saúde em março deste ano. As oficinas terão como objetivo qualificar o processo de trabalho dos profissionais da atenção básica com o intuito de reforçar e incentivar a promoção do aleitamento materno e da alimentação saudável para crianças menores de dois anos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).​