Projeto de lei homenageia Chames Rolim


A Câmara de Ipatinga aprovou um projeto de lei que cria, em Ipatinga, a "Semana Srª. Chames Salles Rolim". A iniciativa tem como intuito incentivar a produção poética na cidade, homenageando uma das figuras mais conhecidas da história de Ipatinga. No intuito de incentivar o surgimento de novos artistas, historiadores e poetas, o projeto visa promover ações educativas, despertar ideias nas elaborações de projetos culturais e divulgar a produção poética de alunos da rede municipal de ensino. A data escolhida para a comemoração é a semana do dia 21 de fevereiro, em que é celebrado o Dia Mundial da Poesia.

Dona Chames, como era carinhosamente chamada por todos que a conheciam, é autora de livros de poesia, contos e causos. "Por isso, foi a escolhida para a devida homenagem", diz a vereadora Professora Mariene (Patriota), idealizadora do projeto. A parlamentar ainda lembra que "um dos objetivos do PL é que as escolas municipais tirem alguns dias de março de cada ano, para incentivar seus alunos, professores e membros da comunidade escolar a se inspirarem a escrever poesias".

Filha dos pioneiros Selim José de Salles e dona Canuta Rosa, foi casada com o farmacêutico José Maria Rolim, com quem teve dez filhos, dos quais descenderam 28 netos e 16 bisnetos. Por meio século, dirigiu ao lado do marido a primeira rede de farmácias da região, que tinha o nome da família. Irmã do ex-prefeito Jamil Selim de Salles, ela se graduou em Direito em 2015, aos 97 anos, sendo a formanda mais idosa do Brasil, na época enaltecida pela imprensa nacional. Ela faleceu em abril do ano passado, ao 103 anos.