Gol faz primeiras ações no Vale do Aço

Foto: Marcelo Luciano

Neste primeiro momento, a Gol vai usar os ATRs da antigo Passaredo no trajeto entre o Vale do Aço e São Paulo

Uma visita do analista do setor de Planejamento e Infraestrutura da Gol, Matheus Motta, deu início nesta terça-feira, 21, ao processo de futura operação da companhia aérea entre o Vale do Aço e São Paulo. Matheus, que estava acompanhando de outros funcionários da empresa, foi recebido no Aeroporto Regional pelo prefeito de Santana do Paraíso, Bruno Morato e pelos vice-prefeitos de Ipatinga, Alexsandro Espírito Santo e de Coronel Fabriciano, Sadi Luca.

Fundada em 2001 pelo empresário mineiro Nenê Constantino, dono de um conglomerado de empresas do setor rodoviário, entre elas a União, que hoje opera uma linha diária ligando São Paulo ao Vale do Aço; a Gol chega pela primeira vez à região, dentro de sua nova estratégia de operar nos chamados aeroportos regionais, de menor mais importante movimentação de passageiros e cargas.

As viagens, que começarão em 9 de setembro, ligarão quatro vezes por semana o aeroporto de Santana do Paraíso ao aeródromo internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.  A princípio, os voos serão às segundas, quartas, sextas e domingos, com a empresa fazendo uso do modelo ATR-72, que neste primeiro momento serão operados pela VoePass (antiga Passaredo), subsidiária da Gol. Além do Vale do Aço, haverá voos para Uberaba e Montes Claros.

As vendas já estão liberadas na página da empresa na internet ou no aplicativo.
https://www.voegol.com.br/?gclsrc=ds&gclsrc=ds

Foto: Argileu Cruz

Representantes da Gol com o prefeito de Paraiso, e os vices de Ipatinga e Fabriciano, no Aeroporto Regional