PT lança atriz pornô como candidata a deputada


Vem ai a Cicciolina tupiniquim. Depois do sucesso de Ilona Anna Staller, conhecida pelo nome artístico de Cicciolina, uma ativista política, ex-atriz pornográfica, cantora e escritora húngara naturalizada italianal, que chego a ser deputada nos anos 90 e 2000 no pais da "velha bota", chegou a vez do Brasil lançar a sua versão tropical na disputa de uma cadeira parlamentar.

E a escolhida será a mato-grossense Esther Caroline, conhecida no universo de filmes adultos como Ester Tigresa, que vai disputar, pelo PT, uma cadeira na Assembleia Legislativa de seu estado.

Ester viralizou na internet em 2015, com um vídeo gravado em Alta Floresta, onde mostrava todos os buracos na rodovia. O filme combinava nudez e protesto. Nos anos seguintes, Ester se tornou uma frequente produtora de conteúdo adulto, sendo atualmente bastante popular também no Youtube, com mais de 1,5 milhão de inscritos, postando vídeos mais generalistas em seu canal.

Na apresentação da candidatura, os dirigentes informaram que para Ester obter a filiação no PT foi preciso recorrer ao diretório nacional. No fim, a filiação foi aceita e a Tigresa será candidata a deputada estadual pela cidade de Barão do Melgaço, cidade localizada a 102 Km ao sul da capital Cuiabá.

Além de Tigresa, a chapa do PT terá ainda a vereadora de Cuiabá, Edna Sampaio, a vereadora de Sinop, Graciele Santos, a indígena Bakairi Eliane Xunakalo, a militante sindical Fanize Albues, além do deputado estadual e candidato a reeleição, Ludio Cabral.

A próxima legislatura da assembleia matrogrossense promete ser bem animada!