Ipatinga inicia laços comerciais com Dubai

Autoridades municipais dialogam com representante da zona franca que mais cresce no mundo para prospecção de negócios na cidade e região


Com o objetivo é atrair investimentos, buscar parcerias e viabilizar a promoção de negócios na região, o prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes participou, nesta quinta-feira, 20, de uma reunião com Mohammed Mohammed, representante da Câmara de Comércio e Indústria do Emirado Árabe de Dubai.  O pequeno país, por assim dizer, é famoso hoje em dia por seu um dos principais destinos turísticos do mundo e também por sua icônica companhia aérea, a Emirates, maior operadora mundial do Airbus A 380.

No encontro, que aconteceu de maneira virtual, o chefe do executivo ipatinguense estava acompanhado do seu vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Allex Espírito Santo, do secretário de Governo, Roberto Soares, e do novo secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Argileu Cruz e o gerente da seção de Turismo da Semdetur, Sérgio Moreira.
Divulgação


Durante a reunião, Mohammed, que é gerente sênior de Vendas Corporativas do DMCC (Dubai Multi Commodities Centre) – destacou que o emirado é a zona franca que mais cresce no mundo, segundo avaliação de organismos internacionais especializados.  Já Gustavo Nunes destacou a importância de se buscar recursos inovadores e à altura da representatividade do Vale do Aço para melhoria da qualidade de vida na região.

“Minha missão enquanto chefe do executivo é apoiar a implantação e fomentar investimentos da iniciativa privada que representem boas práticas de negócios. Ipatinga tem o 8º maior PIB de Minas Gerais e o 4º do interior. Temos oportunidades e sinergias com as empresas e fornecedores locais que devem ser estudadas e aproveitadas", adiantou o prefeito.

Que também falou foi o vice-prefeito que destacou que a cidade vem buscando uma aproximação com diversos investidores, visando o apoio mútuo em relações comerciais que possam contribuir para o incremento da economia local e regional. “É nesse contexto que nos comunicamos com esta Câmara de Comércio tão representativa. Reconhecidamente, Dubai é atualmente considerado um dos maiores polos de desenvolvimento do mundo, sediando o maior centro comercial do mundo”, destacou o secretário da Semdetur, Allex Espírito Santo.

Já o secretário de Governo, Roberto Soares, ressaltou que “uma das prioridades da administração atual é ampliar as relações comerciais, culturais e turísticas da cidade, criando e diversificando atrativos, com iniciativas que deverão repercutir positivamente não só no ambiente local, mas também no entorno do município”.

Padrão de fomento econômico

O DMCC (Dubai Multi Commodities Centre), do Emirado Árabe Unido de Dubai, eleito a 'Zona Franca Global do Ano' pela revista fDi Intelligence, ligada ao grupo Financial Times, é a autoridade do governo de Dubai em comércio, empresas e commodities.

Dubai, o mais conhecido dos sete emirados dos Emirados Árabes Unidos, é hoje um dos mais importantes polos de visitação turística do planeta. A economia local baseia-se não somente na produção e exportação de petróleo, que representa apenas 7% de suas fontes de receita. A cadeia de negócios é impulsionada sobretudo pela movimentação financeira das empresas transnacionais, além da Zona Franca. 

Cada emirado possui autonomia de atuação na economia, sociedade e relações internacionais. Por isso, Dubai desenvolveu uma estratégia própria de atração de turistas e investimentos externos.

Divulgação