Chuva dá trégua, mas estragos seguem espalhados pelas rodovias de Minas

21 pontos de interdição total de estradas em Minas e quase 80 parciais dificultam viagens de férias. Dica é consultar mapas atualizados diariamente



As chuvas que castigaram Minas Gerais na primeira quinzena deste mês provocaram estragos nas rodovias em todo o estado, provocando enormes transtornos para motoristas profissionais e demais viajantes. Árvores caídas, erosão em rodovias, deslizamento de encostas, cheias de rios e alagamentos por todo o território mineiro obrigam os condutores a buscar rotas alternativas ou desviar caminhos. Iniciada a segunda quinzena de janeiro, o momento é idas e vindas de famílias em férias. Diante disso, os bloqueios – parciais ou totais – em rodovias mineiras exigem ainda mais atenção dos viajantes.

Com este cenário, é preciso ter informações sobre desvios a fim de chegar a determinado destino. Nas rodovias de Minas Gerais, por exemplo, são 21 pontos de interdição total – entre rodovias federais e estaduais – e 78 totais, contando as interdições parciais e que deixam o trânsito mais lento. O balanço foi atualizado às 6h desta terça-feira (18/1).

Ponto de risco muito comentado que está com interdição total é o afundamento de pista em Nova Era, na Região Central de Minas – altura do Km 321 da BR-381. A interdição se dá entre a LMG-790 e o início das obras de duplicação da rodovia federal. Ainda não há previsão de liberação, mas há desvios diversos nesse trecho. A recomendação é de que motoristas de veículos pesados passem por Realeza, já que os desvio estão sob risco de danos, como queda de pontes, em função do tráfego de caminhões.

Nova e improvisada possibilidade diz respeito a uma pista alternativa feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) – as obras tiveram início no sábado. O empreendimento é visto como paliativo em meio ao impressionante estufamento da pista, que causou estragos na via por cerca de 100m e não deixou feridos.

Na BR-356, no Km 57, na cidade de Itabirito, a interdição total se dá por conta de uma queda de barreira, próximo à Lagoa das Codornas. Neste caso, o desvio acontece por dentro do município. Foi necessário, inclusive, transformar algumas vias em mão única para possibilitar a fluidez do trânsito.

Outra interdição total e que afeta o fluxo é no Km 562 da BR-262, em Córrego Danta, no Centro-Oeste de Minas – a interdição foi necessária devido a erosão na pista. O desvio, neste caso, acontece pela BR-354 e pela LMG-891.

Pela internet

As autoridades observam de perto a situação e tentam orientar os motoristas para evitar maiores transtornos. Há, inclusive, um grupo colaborativo no aplicativo de navegação Waze. O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) de Minas Gerais, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), também organizou um mapa, por meio da plataforma Google Maps, com atualizações das interdições. O mapa tem atualizações diárias, isso porque algumas interdições podem ser resolvidas em curto espaço de tempo e outras não. É o caso da BR-381, em Nova Era, com interdição de três quilômetros. A pista ficou destruída, com o deslocamento da massa de terra no sentido da via, confira abaixo: