Pousos e decolagens estão de volta na rotina do Aeroporto do Vale do Aço


Depois de quase dois anos fechado e ter passado por uma ampla reforma, que custou R$ 13 milhões, finalmente o Aeroporto Regional do Vale do Aço retomou nesta quarta-feira, 1 de dezembro, suas operações de pouso e decolagem. A cerimônia, realizada no período da manhã, contou inclusive com a presença do vice-governador Paulo Brant e autoridades políticas e lideranças empresariais do Vale do Aço.

Assim como era até março de 2020, o aeródromo do Vale do Aço volta a contar com pelo menos seis voos diários ligando a região ao Aeroporto Internacional de Confins, na Grande BH, com a primeira partida acontecendo às 6h e a última às 19h50.

Segundo a Infraero, que agora será a responsável pela administração do terminal, o próximo objetivo é habilitar o local para a operação de aviões maiores, como o Boeing 737, os Airbus A319, A 320 e A321, além do Embraer 190 e 195.