Córrego dos Raposos leva o título de melhor café de Manhuaçu


Com nota 89,5, o café do produtor Marildo Ananias Quintino, do Córrego dos Raposos, foi eleito o melhor de Manhuaçu. A premiação foi concedida no 8º Concurso de Qualidade, promovido pela Prefeitura e a Emater-MG O evento reuniu 10 finalistas, que também disputarão as etapas regional e estadual do concurso da Emater nas categorias café natural e cereja descascado

Confira alguns finalistas na categoria café natural.

1º) Marildo Ananias Quintino – Raposos – R$ 4,5 mil em prêmios;

2º) Ricardo Silva Schwenck – Manhuaçuzinho – R$ 3,45 mil em prêmios;

3º) Zélia de Faria – Dom Correa – R4 3,15 mil em prêmios;

4º) Guilherme de Paula Silva Kelch – Palmeirinha – R$ 2 mil em prêmios;

5º) Flaviano da Silva Dutra – Sacramento – R$ 1,5 mil.

Além deles, também disputam na categoria café natural os produtores Davi Luis de Faria Rocha, José Rogério da Silva, Fabiano Henrique Diniz, Célio Miguel da Silva e Luciano Geraldo Pereira.