Comerciários tem reajuste de 8.8% em Ipatinga

Negociações entre representantes dos empresários e dos empregados demoraram mais do que o previsto, afirma entidade patronal 

Foto Emmanuel Franco

Depois de três meses de muitas negociações, foi fechado nesta quinta-feira, 18, um acordo que garante um reajuste salarial de 8,8% para os comerciários de Ipatinga. Comisso, o salário-base da categoria passa de R$ 1.240 para R$ 1.349, retroativo à data-base de 1º de outubro. Para quem ganha acima do piso, o acréscimo será de 8.18%, também retroativo a 1º de outubro.   Segundo o INPC, inflação acumulada no último ano de 11,07%. 

“Uma inflação muito alta, que tem penalizado a população e também a nós, que precisamos empreender, mas acabamos de mãos atadas. Lutamos para negociar o menor reajuste possível, pois entedemos as muitas dificuldades que as empresas têm enfrentado já há um bom tempo”, comentou José Maria Facundes, presidente do Sindcomércio do Vale do Aço.

Além do reajuste imediato de 8.8% para o salário-base, e de 8.18% para os demais salários, os comerciários terão um novo aumento em janeiro. Será aplicado sobre o novo salário comercial o percentual de 2.67%, passando a vigorar o valor de R$ 1.385 em 2022. Também em janeiro, quem ganha acima do salário-base receberá um aumento de 2.60%.