Minas inicia segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa

Devem ser imunizados bovinos e bubalinos de zero a 24 meses


Começou esta semana a segunda etapa anual de vacinação contra a febre aftosa em todo o território mineiro. Segundo o IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária), deverão ser imunizados bovinos e bubalinos com idade de zero a 24 meses. A expectativa é que sejam vacinados cerca de 10 milhões de animais

A campanha vai até o dia 30 deste mês. O produtor pode comprovar a vacinação dos animais até o dia 10 de dezembro, usando o formato eletrônico de declaração que estará disponível em neste link ou, caso tenha cadastro, acessando o Portal de Serviços do Produtor. Uma outra opção será o envio da declaração para o e-mail da unidade do IMA responsável pela jurisdição do município. O e-mail de cada unidade consta deste link.

As declarações também podem ser realizadas pelo produtor de forma presencial nos postos de atendimento e conveniados ou presencialmente nos escritórios do IMA, observando as medidas de segurança para covid-19. As unidades do instituto estão à disposição para quaisquer esclarecimentos.

A primeira etapa da campanha realizada deste ano foi um sucesso, com 97,6% de bovinos e bubalinos vacinados contra a febre aftosa. Cerca de 355 mil produtores rurais imunizaram aproximadamente 24 milhões de animais nos rebanhos mineiros.

O produtor que não vacinar os animais estará sujeito a multa de 25 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs) por animal, o equivalente a R$ 98,6 por cabeça. A declaração de vacinação também é obrigatória e o produtor que não o fizer até 10 de dezembro poderá receber multa de 5 Ufemgs, o equivalente a R$ 19,72 por cabeça.