Artesãos de Marliéria ganham acesso ao cadastro nacional da categoria


O artesanato de Marliéria, que faz sucesso entre os turistas que visitam a cidade, vai alçar agora voos mais altos, graças à parceria da Prefeitura com a Armva (Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço). O objetivo da ação é democratizar o acesso dos artesãos ao Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), com a efetivação do cadastro com a Carteira Nacional do Artesão, que é um documento físico, válido em todo o país, que formaliza a atividade artesanal.

Quem se cadastrar têm acesso aos cursos de capacitação, feiras e eventos apoiados pelo Governo de Minas, bem como as ações dos Serviços em Inovação e Tecnologia (SebraeTec). O documento é obtido de forma totalmente gratuita e, atualmente, o cadastro também pode ser realizado via internet pelo link: https://www.agenciarmva.mg.gov.br/projetos/carteira-nacional-do-artesao/ para saber mais a respeito do cadastramento online.

Para o chefe de gabinete da ARMVA, Mauro Sérgio Guimarães, além de tradição cultural, o artesanato também é uma importante fonte de renda para muitos mineiros e pode se fortalecer ainda mais em Marliéria.

Já a secretária de Meio Ambiente e Turismo de Marliéria, Carla de Castro, destacou que o artesanato já é tradição na cidade e que tais iniciativas irão promover ainda mais esta vocação.

Ela falou ainda sobre a inauguração do “O Espaço Eco Arte, que visa fomentar e criar oportunidades para a melhoria de qualidade de vida, geração de renda e acesso a cultura”, informa Gilda. Ele está localizado no Almoxarifado da Prefeitura, próximo à Praça JK, aberto de segunda a sexta-feira, de 8h às 16h.