Fabricantes dizem que vacina Pfizer é segura para crianças acima de 5 anos


Em nota conjunta distribuída nesta segunda-feira, as empresas farmacêuticas Pfizer e BioNTech afirmaram que a vacina que produzem contra a Covid-19 induziu a uma resposta imune robusta em crianças de 5 a 11 anos. Diante disso, elas planejam pedir autorização para usar o imunizante em crianças nessa faixa etária no Estados Unidos, Europa e outros lugares o mais rápido possível.

As empresas disseram que a vacina gerou uma resposta imune em crianças de 5 a 11 anos em seu ensaio clínico de Fase II / III que correspondeu ao que eles haviam observado anteriormente em adolescentes e jovens adultos de 16 a 25 anos. O perfil de segurança também foi geralmente comparável ao da faixa etária mais velha, eles disseram.

“Desde julho, os casos pediátricos de Covid-19 aumentaram cerca de 240% por cento nos EUA, enfatizando a necessidade de vacinação”, disse o presidente-executivo da Pfizer, Albert Bourla, em um comunicado à imprensa.

“Os resultados desses testes fornecem uma base sólida para buscar a autorização de nossa vacina para crianças de 5 a 11 anos de idade, e planejamos submetê-los ao FDA e outros reguladores com urgência.”

No Brasil, apesar de aprovado pela Anvisa, o Ministério da Saúde suspendeu a vacinação de adolescentes acima de 12 anos. Alguns estados, como Minas Gerais, não acataram a suspensão e continuam vacinando normalmente.