Duas cidades mineiras elegeram novos Prefeitos nesse domingo

Eleitores de Antônio Carlos e Ibertioga voltaram às urnas

Em Antônio Carlos, o novo prefeito é Marcelo Ribeiro (PSDB), vice Cinho (PP), da coligação “Avança Antônio Carlos”. A chapa obteve 4.246 votos (60,06% dos votos válidos), contra 2.738 (38,73%) de Herbert (PTC) e Dimas Sales (MDB), coligação “Atitude e Trabalho”; e 86 (1,22%) de Precata e Irene (DEM).

Em Ibertioga, foram eleitos Ricardo (Patriota) e Pedrinho (PT - vice), da coligação "A força do povo", com 54,46% dos votos válidos (2.129). Em segundo lugar, ficaram Juquinha (PTB) e Jaeder (PV), da coligação "Unidos por Ibertioga", com 45,54% (1.780 votos).

O juiz eleitoral da 24ª ZE, responsável por Antônio Carlos e Ibertioga, tem até o dia 19 de agosto para diplomar os eleitos. A partir da diplomação, os candidatos podem tomar posse (a data da posse é de responsabilidade do Legislativo municipal).

As eleitoras e eleitores dos dois municípios que não compareceram às urnas neste domingo têm até 30 de setembro – 60 dias após as eleições – para justificarem sua ausência. A justificativa deve ser feita pelo aplicativo e-Título ou no sistema Justifica. Neste domingo, 74 eleitores de Antônio Carlos e 14 de Ibertioga justificaram o voto.

Nos dois locais, uma nova votação foi realizada porque os candidatos mais votados nas Eleições 2020 tiveram o registro de candidatura indeferido pelo mesmo motivo: inelegibilidade por rejeição de contas. Araci Cristina Araújo Carvalho, de Antônio Carlos, teve as contas dos anos de 2005, 2006 e 2012 – quando era prefeita da cidade – rejeitadas pela Câmara Municipal. Sebastião Rodrigues Monteiro, de Ibertioga, também teve as suas contas, quando foi prefeito no ano de 2003, rejeitadas pela Câmara Municipal.