Caminhoneiros avaliam possível greve a partir de domingo

Segundo os líderes, há possibilidade de maior adesão agora do que na paralisação de fevereiro, em virtude dos reajustes no diesel de lá para cá.


Caminhoneiros avaliam a possibilidade de realizar uma paralisação nacional a partir de domingo (25/7), Dia do Motorista.

Entidades e associações relatam descontentamentos de parte da categoria com acordos não cumpridos e com as altas frequentes do preço do óleo diesel.

Entre as insatisfações são citadas o fim da isenção do PIS/Cofins sobre o diesel, os preços elevados dos insumos para o transporte de cargas e a falta de fiscalização do piso mínimo do frete. Algumas entidades já decidiram apoiar a interrupção das atividades, mas reuniões ainda serão realizadas ao longo desta semana para definir a posição da categoria.