Bicicletas motorizadas estão sendo apreendidas em Ipatinga

As apreensões estão sendo feitas devido a irregularidade das bicecletas


Bicicleta motorizada

O uso de bicicletas motorizadas se popularizou bastante nos últimos anos no Vale do Aço. Em Ipatinga não foi diferente. Contudo, há uma legislação (resolução 465 do CONTRAN) que impede a circulação desses ciclomotores sem os devidos equipamentos.

De acordo com o tenente Lucas, da Polícia Militar (PM), os ciclistas que estiverem circulando com as bicicletas de forma irregular, ou seja, sem seta; sem farol, sem velocímetro e demais ítens, poderá ter o veículo apreendido,“Por essa razão, o condutor tem que ser habilitado na categoria ACC ou categoria A, além do veículo ter de possuir todos os acessórios de segurança necessários. Inclusive o condutor tem que estar de capacete”, explicou o tenente.

A resolução determina que, em áreas com circulação de pedestres, a velocidade máxima seja de 6 km/h. Já em áreas com ciclofaixas e ciclovias, a velocidade máxima permitida é de 20 km/h.

O PM ainda explica que “todas as bicicletas que estão sendo abordadas sem as devidas adequações estão sendo apreendidas”, finalizou.