Restaurantes e academias são os lugares com maior chance de transmissão da Covid

Estudo mapeou dados de mobilidade em 10 cidades americanas quando uso da máscara era menos prevalente. A pesquisa, que foi publicada na 'Nature', também indicou que, mesmo que frequentem os mesmos tipos de lugares, pessoas pobres têm mais risco de se infectar.

Os restaurantes e as academias são os lugares com maior chance de transmissão da Covid-19, segundo cientistas americanos.

Por meio de um estudo realizado, em 10 cidades americanas, foi constatado que, em restaurantes e academias, o uso de máscaras de proteção contra o novo coronavírus era menor.

A pesquisa, que foi publicada na revista científica “Nature”, uma das mais importantes do mundo, também indicou que pessoas com menor poder aquisitivo têm mais risco de se infectar pela Covid.

Os pesquisadores chegaram às conclusões usando um modelo que se baseou nos movimentos das pessoas rastreados por celulares de 1º de março a 2 de maio, época em que as pessoas tiveram a mobilidade restringida pelas medidas para conter a transmissão do coronavírus.

A partir daí, construíram o modelo considerando maiores ou menores graus de mobilidade, a partir de diferentes datas, para ver como a transmissão do vírus se comportaria.

Com os dados, eles mapearam o que chamaram de "pontos de interesse" – locais não residenciais que as pessoas visitam como restaurantes, mercados e centros religiosos.

Eles descobriram – como outros estudos já vinham apontando – que a maioria das infecções por Covid-19 ocorre em lugares "superespalhadores". Na região metropolitana de Chicago, por exemplo, 10% dos pontos de interesse foram responsáveis por 85% das infecções previstas para todos os lugares investigados.