Com show da arquibancada, Galo vence o Cruzeiro

Com a vitória, Galo figura em segundo lugar na tabela

Bruno Cantini/Atlético

A torcida do Galo deu show nas arquibancadas


Com show da Massa Atleticana na arquibancada e golaços de Igor Rabello e Otero, esse último ao 47 minutos do segundo tempo, o Atlético venceu o Cruzeiro por 2 a 1, na noite deste domingo, no Mineirão, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro.

O Galo abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, com um golaço e calcanhar e Igor Rabello, após cobrança de escanteio e Otero pela esquerda.

O rival empatou aos 21 da etapa final, com Thiago, mas, aos 47, Otero soltou a bomba de fora da área para decidir o clássico.

Bruno Cantini/Atlético

Igor Rabello abriu o placar para o Atlético


Com a vitória no Gigante da Pampulha, o Galo chegou a 15 pontos e subiu para o segundo lugar na tabela de classificação do Estadual.

O Atlético volta a campo no próximo sábado (14) ara enfrentar o Villa Nova, às 19h, no Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima.

Bruno Cantini/Atlético

Otero comemora o gol que definiu o marcador


O Jogo

O Atlético dominou o primeiro tempo e fez a primeira tentativa no cruzamento de Guilherme Arana pela esquerda, mas a bola foi com muita força e saiu pela linha de fundo.Em seguida, Nathan chutou cruzado da entrada da área e a bola desviou no zagueiro.

Aos 17 minutos, Allan arriscou de longa distância e a bola explodiu no defensor rival. No minuto seguinte, Ricardo Oliveira recebeu passe de Nathan na grande área e caiu após ser tocado pelo zagueiro, lance considerado normal pela arbitragem.

m boa oportunidade, aos 21 minutos, Guga recebeu lançamento de Allan e cruzou para o chute de Arana, de primeira, para fora. Aos 27, Otero cobrou falta de longe e o goleiro Fábio fez a defesa.

O Galo voltou a levar perigo no arremate de Savarino, defendido pelo goleiro rival. No ataque seguinte, Gugga cobrou lateral para a grande área, Rabello desviou pelo alto e Nathan concluiu por cima do gol.

Victor fez grande defesa no cabeceio de Marcelo Moreno, em lance aos 33 minutos.

Segundo Tempo

Aos 36, Otero cobrou escanteio pela esquerda do ataque atleticano e Igor Rabello, de calcanhar, desviou com categoria para fazer a festa da Massa Alvinegra: Galo 1 x 0.

O Atlético ainda foi para cima nos minutos finais da primeira etapa e, depois do cruzamento de Guga, Otero exigiu boa defesa de Fábio em cabeceio, aos 43 minutos.

Na jogada seguinte, Ricardo Oliveira chutou de fora da área para outra intervenção do arqueiro adversário. Já nos acréscimos, Otero invadiu a área pela esquerda e rolou a bola para trás, mas a defesa adversária fez o corte.

O Galo voltou para o segundo tempo com a mesma formação. Aos dez minutos, Savarino tabelou com Ricardo Oliveira na intermediária e sofreu falta, Otero cobrou com veneno e Fábio fez a defesa.

Aos 16, Savarino foi substituído por Cazares. Cinco minutos mai tarde, o rival empatou a partida com Thiago. Depois do gol, Ricardo Oliveira deixou o campo para a entada de Diego Tardelli.

Aos 34, depois de trocar passes com Tardelli, Cazares sofreu falta na intermediária, Otero cobrou e o goleiro rival fez a defesa.

Diego Tardelli sofreu falta pela esquerda, Cazares fez a cobrança direto para o gol e Fábio, de soco, mandou para escanteio.

Aos 40 minutos, Allan deu lugar a Marquinhos, que viria a ser decisivo.

GOOOOOL DO GALO - Aos 47, Marquinhos recebeu lançamento pela esquerda, rolou a bola para o meio e Otero mandou a bomba no ângulo para levar à loucura os mais de 50 mil Atleticanos presentes ao Mineirão.

ATLÉTICO 2 x 1 CRUZEIRO

Competição: Campeonato Mineiro
Rodada: 8ª
Data: 07/03/2020
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gols: Igor Rabello (36’ / 1ºT), Thiago (21' / 2ºT) e Otero (47' / 2ºT)
Público: 53.576
Renda: R$ 753.615,00

Atlético

Victor; Guga, Igor Rabello, Gabriel, Guilherme Arana, Jair, Allan (Marquinhos), Savarino (Cazares), Nathan, Otero e Ricardo Oliveira (Diego Tardelli).
Técnico: James Freitas

Cruzeiro

Fábio; Edilson, Arthur, Cacá, João Lucas, Edu, Pedro Bicalho (Jonatha Robert), Jadsom, Maurício (Thiago), Everton Felipe e Marcelo Moreno.
Técnico: Adilson Batista.