Galo empata com Boa em Varginha e fica fora do G4 do Mineiro

Mesmo depois do vexame pela Copa do Brasil no meio de semana a equipe não reagiu

Divulgação: Atlético


Em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro, o Atlético empatou por 1 a 1 com o Boa, na noite deste domingo (1), no Estádio Melão, em Varginha.

O Galo saiu na frente com o gol contra de Wesley, aos 33 minutos, depois de boa jogada de Allan pela esquerda. A equipe da casa empatou no segundo tempo, aos 28, com Romário.

Com o resultado, o Galo chegou a 12 pontos e ficou em 5º lugar na tabela de classificação do Estadual.

Na próxima rodada, o adversário será o Cruzeiro, às 19h de sábado (7/3), no Mineirão.

O JOGO

O primeiro ataque foi do Atlético, pela esquerda, no lançamento de Fábio Santos para Allan. O volante sofreu falta perto a área, Otero cobrou direto para o gol e Carlinhos, posicionado na primeira trave, afastou o perigo.

Aos sete minutos, Igor Rabello foi advertido com cartão amarelo por falta cometida em Jefferson e Yuri fez a cobrança longe do gol.

O Atlético voltou ao ataque no chute cruzado de Nathan, para fora. No lance, Ricardo Oliveira ainda se atirou para tentar o desvio, mas não alcançou a bola.

Em nova tentativa alvinegra, Ricardo Oliveira ajeitou a bola na grande área pela esquerda e Hyoran finalizou para fora.

O Galo quase abriu o placar aos 17 minutos, com Ricardo Oliveira, que se antecipou aos zagueiros e concluiu rente ao travessão, após cruzamento rasteiro de Nathan pela direita.

Victor fez boa defesa aos 18 minutos, em arremate de Nonoca. Aos 21, após levantamento de Otero, Hyoran dominou a bola na grande área pela direita e cruzou rasteiro para o corte da zaga.

Otero cobrou falta de longa distância, aos 28 minutos, e exigiu boa defesa do goleiro Renan. Em seguida, Victor defendeu chute de fora da área de Carlinhos.

Guga cobrou lateral para a grande área, aos 37, Otero cabeceou e o goleiro Renan se esticou no canto direito para defender. Hyoran ainda pegou o rebote, mas errou a tentativa de passe.

Victor fez grande defesa no canto direito, em chute de Léo Goteira. Aos 39, Ricardo Oliveira tabelou com Otero na entrada da área e foi travado na hora da finalização.

O segundo gol atleticano quase saiu três minutos mais tarde, quando Fábio Santos cruzou pela esquerda e Hyoran cabeceou para a ótima defesa de Renan.

Aos 43, Hyoran cruzou rasteiro pela esquerda e a defesa tirou para escanteio. Otero fez o levantamento na segunda trave, Jair desviou de cabeça e a bola pegou na trave.

No último lance da primeira etapa, Allan cruzou da intermediária pela esquerda e Ricardo Oliveira cabeceou por cima do gol.

O Atlético voltou para o SEGUNDO TEMPO sem alterações e teve a primeira chance no cruzamento de Otero, em cobrança de falta, mas o goleiro Renan saiu do gol para fazer a defesa.

Aos sete minutos, Victor fez grande defesa no canto direito, em conclusão de Nonoca. Aos 13, Nathan foi substituído por Savarino.

Em cobrança de escanteio pela direita, aos 15 minutos, Otero levantou a bola na área e a defesa do Boa fez o corte pelo alto.

Aos 20 minutos, depois de boa troca de passes, Hyoran fez o levantamento para a área e a bola ficou com o goleiro. Três minutos depois, Hyoran deixou o campo para a entrada de Zé Welison.

Victor fez outra grande defesa aos 28 minutos, em chute de Cesinha, mas Romário empatou o jogo no minuto seguinte, após cobrança de escanteio.

Otero cobrou falta com veneno, aos 31 minutos, e Renan fez grande defesa no canto direito. Aos 36, Marquinhos entrou no lugar de Jair.

Otero sofreu falta perto da área, aos 41 minutos, ele mesmo cobrou e a bola explodiu na barreira. Na última tentativa, Guga cruzou pela direita e o goleiro Renan saiu do gol para fazer a defesa.

ATLÉTICO 1 x 1 BOA

Competição: Campeonato Mineiro
Rodada: 7ª
Data: 01/03/2020
Estádio: Melão
Cidade: Varginha (MG)
Gols: Wesley (contra) (33'/1ºT), Romário (28'/2ºT)
Cartões amarelos: Igor Rabello (Atlético); Caio César Claudeci (Boa)

Atlético
Victor; Guga, Igor Rabello, Gabriel, Fábio Santos, Jair (Marquinhos), Allan, Nathan (Savarino), Otero, Hyoran (Zé Welison) e Ricardo Oliveira.
Técnico: James Freitas.

Boa
Renan Rocha; Yuri, Wesley, Henrique Moura, Ferreira, Caio César, Carlinhos, Claudeci, Nonoca (Denilson), Léo Goteira (Cesinha) e Jefferson (Romário).
Técnico: Nedo Xavier.

Equipe de arbitragem
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva
Assistente 1: Magno Arantes Lira
Assistente 2: Augusto Magno de Ramos
4º Árbitro: José Alfredo Filho
Inspetor: Joel Tolentino Damata Júnior