Galo perde para Caldense em pleno Mineirão

Equipe até aumentou a produtividade ofensiva, mas ainda está aquém do que pode render

Bruno Cantini/Atlético


Em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro, o Atlético teve maior volume de jogo, criou várias chances, mas perdeu por 2 a 1 para a Caldense, neste domingo, no Mineirão. O gol alvinegro foi marcado pelo zagueiro Igor Rabello.

Na próxima rodada do Estadual, o adversário será o Boa, domingo (1/3), às 19h, no Estádio Melão, em Varginha.

Antes de voltar a campo pelo regional, o Galo jogará pela Sul-Americana e pela Copa do Brasil. Quinta-feira (20/2), receberá o Unión (ARG), às 21h30, na Arena Independência, no jogo de volta da primeira fase do torneio continental. Já no dia 26/2, o Atlético irá ao interior de Pernambuco enfrentar o Afogados, às 21h30, no Estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira.

O JOGO

O Atlético teve a primeira chance na falta sofrida por Hyoran. Guilherme Arana levantou a bola na área e o goleiro mandou para escanteio. Depois da cobrança, Ricardo Oliveira desviou de cabeça, mas Gabriel não conseguiu a finalização.

Em seguida, Victor defendeu cobrança de falta de Artur. O Galo levou perigo aos oito minutos, quando Patric cruzou rasteiro pela direita, a defesa tentou tirar e a bola chegou para a conclusão de Nathan, por cima do gol.

Aos 12 minutos, Arana cruzou rasteiro pela esquerda e o goleiro Alyson defendeu a finalização de Hyoran. No rebote, o goleiro da Veterana também defendeu o arremate de Patric.

O árbitro marcou pênalti de Marquinhos em João Vitor, aos 18 minutos, e Filipi Sousa cobrou para fazer Caldense 1 a 0.

Aos 25 minutos, Jair levantou a bola na área e Arana reclamou empurrão do defensor da Caldense, mas a arbitragem mandou seguir o lance. Ricardo Oliveira cobrou falta aos 34 minutos e Alyson fez a defesa.

Aos 35, Arana chutou cruzado e a bola pegou no travessão. No ataque seguinte, Patric recebeu passe de Hyoran e concluiu para mais uma intervenção de Alyson.

Já nos acréscimos, Marquinhos tentou duas vezes de fora da área, as duas por cima do gol, sendo a última rente ao travessão.

O Galo voltou para o segundo tempo sem alterações e quase marcou na finalização de Hyoran, amsa bola saiu rente à trave.

Aos oito minutos, Hyoran cruzou pela direita e o zagueiro cortou antes da chegada de Ricardo Oliveira.

O Galo chegou ao empate aos 13 minutos. Após cobrança d escanteio pela esquerda, Igor Rabello subiu na primeira trave e desviou de cabeça para o gol: 1 x 1.

O Atlético foi para cima em busca da virada e Alyson defendeu dois chutes consecutivos de Hyoran. Aos 16, Nathan foi substituído por Di Santo.

Aos 20, Marquinhos arriscou de fora da área, por cima do gol. Cinco minutos mais tarde, Patric cruzou com perigo e a zaga da Caldense conseguiu cortar.

Riccardo Oliveira foi substituído por Otero, aos 27 minutos. O venezuelano levou perigo em cobrança de falta colocada, aos 30 minutos, defendida por Alyson. Aos 34 minutos, Hyoran deixou o campo para a entrada do estreante Savarino.

Aos 44, depois de bola perdida por Zé Welison na intermediária, João Vitor fez o segundo gol do time visitante. O Galo ainda tentou empatar no chute de fora da área de Guilherme Arana, por cima do gol.

Atlético 1x2 Caldense

Atlético
Victor; Patric, Igor Rabello, Gabriel, Guilherme Arana, Zé Welison, Jair, Nathan (Di Santo), Hyoran (Svarino), Marquinhos e Ricardo Oliveira (Otero).
Técnico: Rafael Dudamel.

Caldense
Alyson; Filipi Sousa, Guilherme Martins, Lucas Mufalo (Morais), Rafael Rosa, Franklin (André Mensalão), Daniel, Nathan, Arthur (Marcos Damasceno), Luis Henrique e João Victor.
Técnico: Marcus Grippi.

Público: 14.757
Renda: R$129.939,00
Gols: Filipi Sousa (19’/1ºT), Igor Rabello (13’/2ºT), João Vitor (44’/2ºT)
Cartões amarelos: Patric, Hyoran, Otero (Atlético); Rafael Rosa, Franklin, Morais, Nathan, João Vitor (Caldense)

Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistente 1: Ricardo Junio de Souza
Assistente 2: Frederico Soares Vilarinho