Na estreia da coluna dos beatlemaníacos: Timóteo Beatle Weekend 2019!!!

Durante dois dias o clima de Liverpool pairou sobre a cidade timotense

Por: Ronildo Bacardy

Salve salve nação beatlemaníaca!

A partir de hoje, estarei aqui com vocês escrevendo sobre os Meninos de Liverpool. A magia, loucuras, músicas, curiosidades, enfim, tudo o que eu souber e não souber sobre estes quatro rapazes ingleses que até hoje cantam e encantam corações de Norte a Sul, Leste a Oeste....do Oiapoque ao Chui.


Reprodução da rua mais famosa do mundo Abbey Road


Nos dias 04 e 05 de outubro, aconteceu a terceira edição da "Timóteo Beatle Weekend", evento realizado com o apoio total e irrestrito do Dom Henrique Cultural, braço do Hotel Dom Henrique, dos amigos Andréia Magalhães e Rodrigo Vieira.

Shows musicais com Fernando Gonçalves e Vaninho Vieira, além de exposições, Beatleokê (karaokê com músicas dos Beatles ). Na oportunidade, também rolou uma Exposição de carros antigos, Encontro de fãs de "Guerra nas Estrelas" e o tradicional "Xah com Elas". Uma mostra coletiva de arte e artesanato de mulheres de Timóteo . A cantora Adélia Roque fez uma apresentação belíssima de rock pop.

Xáh com Elas


Mais uma vez, notamos que a música eterna de John, Paul, George e Ringo ainda contagia os corações de cada um. Canções como Yesterday, Something e Hey Jude foram citadas, cantadas e re-cantadas neste evento, que foi realizado com sucesso, apesar dos percalços.

Para 2020 fica o desafio de um evento melhor ainda, haja vista que será marcado pelos trinta anos sem John Lennon. A base já está solidificada e só precisamos agora de um apoio maior para que os sonhos se realizem de verdade.


Andréia Magalhães e Rodrigo Vieira
Timóteo Beatle Weekend foi e é para mim, a realização de um antigo sonho, que virou realidade graças à disposição para transformá-lo em realidade por parte, como disse anteriormente dos amigos Andréia Magalhães e Rodrigo Vieira.

Na canção Golden Slumbers Carry That Wheight The End Her Majesty, Paul McCartney canta os versos finais como se fosse uma despedida em busca de uma jornada maior e melhor ainda “E NO FINAL, O AMOR QUE VOCÊ FAZ É IGUAL AO AMOR QUE VOCÊ LEVA”...

Até a próxima!


Ronildo Bacardy