Narrador Hércules Santos morre aos 45 anos em Belo Horizonte

Jornalista estava internado desde segunda-feira, e morreu por complicações decorrentes de um quadro de pneumonia

Foto: Cristiane Mattos


O narrador da Rádio Super, Hércules Santos, internado desde a última segunda-feira (30) no Hospital Semper, morreu por complicações decorrentes de um quadro de pneumonia na madrugada desta quinta-feira (3). Aos 45 anos, o jornalista, referência na comunicação esportiva em Minas Gerais, se despede da esposa, Daniela, e dos dois filhos pequenos, Ulisses (3 anos) e Bernardo (1 ano).

Ao longo de todo o dia, repórteres e apresentadores da Rádio Super prestam homenagens durante a programação a este grande jornalista. A Sempre Editora, à frente da rádio e dos jornais Super Notícia e O Tempo, lamenta a partida do Hércules Santos, narrador gigante que nos brindava com tamanha alegria e profissionalismo diário desde 2017 quando chegou ao grupo, e presta solidariedade à família.

TRAJETÓRIA

Antes de chegar à Rádio Super (91,7 FM), em 2017, Hércules Santos estagiou na Rádio Mineira e de lá seguiu para o Sistema Globo de Rádio, onde permaneceu por mais de 15 anos, cobriu o dia-a-dia de Cruzeiro e Atlético e tornou-se narrador. Por sua trajetória tão querida na rádio CBN, o veículo publicou uma nota bastante emocionada sobre sua despedida.

Na Rádio Super, narrou as partidas do Atlético desde sua chegada à emissora e participou rotineiramente dos programas Super FC e do Show de Esporte da Super. Apaixonado por música, nas horas distantes das narrações e da cobertura esportiva, era integrante da banda de rock Plug, admirador confesso do estilo musical e de blues. Em seu perfil no Twitter, se definia como "pai, filho, marido, noveleiro e algumas coisas mais...".