Galo faz jogo ruim e leva virada do Vasco em casa com gol no final

Com o resultado, o Galo se manteve em 10º lugar na tabela de classificação, com 30 pontos.

Em partida adiada da 21ª rodada do Brasileirão, o Atlético sofreu um gol no último minuto de jogo e perdeu por 2 a 1 para o Vasco, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte. O gol atleticano foi marcado pelo venezuelano Otero.

O Atlético volta a campo no domingo (6/10) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, em São Paulo.

Foto: Bruno Cantini/Atlético


O JOGO

O Atlético teve a primeira boa chance aos dez minutos, quando Di Santo sofreu falta na intermediária, Otero fez a cobrança e a bola explodiu no travessão.

A equipe visitante respondeu no chute e Andrey e a bola saiu à esquerda do gol. Em seguida, Cleiton fez boa defesa no arremate de Ribamar.

O Galo levou perigo no cruzamento de Patric, pela direita, cortado pela defesa vascaína. Luan tentou concluir da entrada da área, aos 20 minutos, e foi travado pelo zagueiro.

Foto: Bruno Cantini/Atlético


Aos 23, Di Santo recebeu passe de Luan na grande área e ajeitou para a finalização de Patric, por cima do gol. Quatro minutos depois, Di Santo cruzou pela esquerda e a zaga fez o corte pelo alto.

Di Santo invadiu a área pela esquerda, aos 37 minutos, e foi desarmado na sequência da jogada. Aos 46, o time do Rio de Janeiro ameaçou no cabeceio de Talles Magno, na trave.

Já nos acréscimos, Outro cruzou pela direita, a bola desviou no jogador do Vasco e foi direto para as mãos do goleiro Fernando Miguel.

Foto: Bruno Cantini/Atlético


SEGUNDO TEMPO

Aos dois minutos, Cleiton fez boa defesa no chute de Marrony. O Galo deu o troco na falta sofrida e cobrada por Otero, por ima do gol.

Aos seis minutos, o Atlético teve boa chance no cruzamento de Patric pela direita, Luan tentou de bicicleta, a bola cruzou a grande área e encontrou Otero, do outro lado, mas o cruzamento do venezuelano foi cortado pela defesa carioca.

Cazares foi substituído por Vinícius, aos 12 minutos. Em seguida, Otero cobrou falta da intermediária, por cima do gol.

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Aos 14 minutos, Vinícius cobrou escanteio pela direita, Igor Rabello desviou de cabeça e Otero, bem posicionado na segunda trave, mergulhou de cabeça para fazer Galo 1 x 0.


Logo depois, o árbitro marcou pênalti de Patric em Marrony, Rossi cobrou a penalidade empatou o jogo: 1 x 1.

Aos 22, em cobrança de falta pela esquerda, Otero levantou a bola na área e o goleiro fez a defesa.

No ataque seguinte, aos 24, Vinícius sofreu falta perto da área, Otero cobrou direto e Fernando Miguel defendeu no canto direito, espalmando a bola pela linha de fundo. O próprio Otero cobrou o escanteio e Luan cabeceou por cima do gol.

Geuvânio entrou em campo aos 32 minutos, no lugar de Elias. Cinco minutos depois, Patric recebeu passe de Luan pela direita e cruzou para o cabeceio de Otero, para fora.

Aos 38, Geuvânio cruzou pela direita e o goleiro saiu bem do gol para fazer a defesa. Logo depois, Patric invadiu a área e foi travado na hora da finalização.

Nathan levantou a bola na área, aos 41, e Di Santo cabeceou para a defesa tranquila de Fernando Miguel. No minuto seguinte, Luan deixou o campo para a entrada de Ricardo Oliveira.

Aos 48, Marcos Júnior fez 2 a 1 para o Vasco.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 1 x 2 VASCO

Competição: Campeonato Brasileiro
Rodada: 21ª
Data: 2/10/2019 (domingo)
Gols: Otero (14’/2ºT), Rossi (21’/2ºT), Marcos Júnior (48'/2ºT)

Público: 10.485
Renda: R$86.502,00
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)

Cartões amarelos: Cazares, Nathan, Patric (Atlético); Andrey, Raul (Vasco)

Atlético

Cleiton; Patric, Igor Rabello, Maidana, Fábio Santos; Nathan, Elias (Geuvânio), Otero, Cazares (Vinícius), Luan (Ricardo Oliveira) e Di Santo.
Técnico: Rodrigo Santana.

Vasco

Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Leandro Castan, Henrique, Richard, Andrey (Marcos Júnior), Raul, Marrony, Ribamar (Rossi) e Talles Magno (Gabriel Pec).

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.