Rodrigo Santana espera resposta imediata no Brasileirão

Bruno Cantini/Atlético

O técnico Rodrigo Santana afirmou que espera uma resposta imediata da equipe no Campeonato Brasileiro, no jogo deste domingo, contra o Ceará, pela 22ª rodada. A partida será realizada às 19h, na Arena Independência.

“No futebol, precisamos ser fortes. Estamos de luto pela eliminação, mas lembrando que fizemos uma boa partida e, dentro dos 90 minutos, fomos vencedores. Agora, vamos mostrar quem é quem no elenco, que tem homens para isso. Os jogadores estão sentindo muito, é hora de se unir para voltar com força máxima no Campeonato Brasileiro, no domingo”, disse o treinador.

Rodrigo Santana avaliou que o Galo fez um bom primeiro tempo diante do Colón, criando inúmeras chances e encurralando o time argentino no campo de defesa.

“O adversário não conseguiu, praticamente, passar do meio-campo. Conseguimos abrir o placar e poderíamos até ter feito mais gols. No segundo tempo, começamos com a mesma postura, fizemos o gol. Era inevitável o adversário abrir, tentar tirar a nossa sobra, jogar muito para cima. Era inevitável que a nossa equipe baixasse um pouco para ter sempre um cara de sobra e isso fez com que a gente recuasse um pouco. Ainda tivemos duas chances de fazer gol e, infelizmente, depois de uma falta que o Franco (Di Santo) sofreu quase na bandeirinha de escanteio e o árbitro não deu, fizemos o pênalti no contragolpe”, avaliou.

“Fizemos o possível, a equipe lutou. Pedimos desculpas ao torcedor, que veio, fez festa linda, empurrou o time. Não conseguimos sair daqui classificados. Não foi o dia. Tivemos vantagem nos pênaltis também. Foi um dia em que procuramos fazer o melhor, mas, infelizmente, não conseguimos dar a resposta para a torcida”, completou o comandante alvinegro.