O que vai mal fora de campo, acaba interferindo dentro dele

Enquanto a justiça não chega, Rogério Ceni e seus comandados têm que encontrar uma solução para a recuperação do time e tem que ser urgente

Alô, nação azul! Confesso não ter palavras para descrever essa fase negativa e interminável do Cruzeiro no Brasileiro e na temporada. Perder para o Flamengo é o de menos. O que dói na alma do torcedor é estar atrás de CSA, Fortaleza, Ceará e Goiás, com todo respeito que esses clubes merecem. Com a estrutura e o time que tem o Cruzeiro, é vergonhosa a 18ª posição na classificação. É aquela história, né? O que vai mal fora de campo, acaba mesmo interferindo dentro.

Mas eu sigo confiante de que essa situação será revertida nas 18 rodadas que restam para o fim do campeonato. O pior será e precisa ser evitado, mas a recuperação não pode ser mais adiada. Terá que vir nos jogos contra Ceará e Goiás. Acho que a imprensa não tem o papel de punir e nem jogar, porque ela não faz gols. Tem que informar, elogiar ou criticar quando for necessário.

Críticas não têm faltado ao time e à administração, mas quem julga, pune e afasta é a Justiça. Enquanto ela não chega, Rogério Ceni e seus comandados têm que encontrar uma solução para a recuperação do time e tem que ser urgente.