Médico de 54 anos é preso suspeito de abuso sexual em pronto-socorro de BH

Vítima disse que proctologista teria realizado o exame de forma não convencional e apalpado seu pênis

Cristiane Mattos/ O Tempo

Um médico de 54 anos foi preso nesta quarta-feira (11) suspeito de estuprar um paciente de 24 anos. A vítima contou aos policiais que tem um problema relacionado a hemorroidas e que sofreu abuso durante uma consulta em um pronto-socorro de BH.

Segundo o delegado regional do Barreiro Rômulo Dias, o rapaz precisou de um atestado médico para provar em seu local de trabalho que sofre da enfermidade, já que ele havia sido afastado de suas funções em datas anteriores. ?Além do exame na região onde estaria a doença, o médico também teria apalpado o pênis do paciente?, contou o delegado.

A vítima contou ainda que nunca havia se consultado com esse médico. O profissional confirmou que tocou no pênis porque o órgão estava ?esmagado? devido a posição do paciente.