Jovem é baleada durante assalto em mirante no Mangabeiras

Ela, o irmão e uma amiga estavam em um carro, no "Mirante da Caixa D'Água", durante a madrugada quando foram surpreendidos pelos assaltantes

Reprodução/Google StreetView

Uma mulher de 25 anos acabou baleada na perna após uma tentativa de assalto contra ela, o irmão, de 23, e uma amiga dos dois, que tem 19 anos. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (11) e o trio estava no interior de um carro parado no lugar conhecido como "Mirante da Caixa D'Água", no bairro Mangabeiras, região Centro-Sul de Belo Horizonte. 

Os dois suspeitos que tentaram abordar o grupo de amigos ainda não foram encontrados. Mas, é sabido que um deles costuma praticar crimes na região, sendo um conhecido antigo dos policiais que lá trabalham. Ele é um adolescente de 17 anos já identificado pelas vítimas.   

O motorista do carro, irmão da jovem baleada, descia pela rua Grão Mogol em busca de ajuda após o tiro dado contra a jovem quando encontrou uma viatura da Polícia Militar, que patrulhava a região durante a madrugada. Os agentes escoltaram o carro em que os três estavam até o Hospital de Pronto Socorro (HPS) João XXIII. 

O tiro que acertou a moça atravessou sua perna e atingiu ainda a porta do banco do passageiro onde ela estava. Após os primeiros atendimentos, ela permanece em observação, mas seu quadro de saúde é estável. 

Reação aos assaltantes

À polícia, o irmão da vítima contou que todos estavam no veículo quando foram surpreendidos pela chegada de dois homens. Os suspeitos, com blusas de moletom de cores claras, anunciaram o assalto e, um deles, apontou uma arma de fogo contra os passageiros. 

Assustado, o rapaz decidiu ligar o carro e arrancar para longe dali. Nesse instante, um dos suspeitos tentou abrir sua porta e, sem conseguir, disparou uma única vez contra o carro. Foi este o tiro que acertou a perna da moça. 

Amiga não viu o crime

Deitada no banco de trás, a jovem de 19 anos que acompanhava os irmãos disse aos militares não ter visto o crime. Ela só percebeu o que estava acontecendo depois que ouviu o som do disparo. 

Depois de acompanhar o trio até o hospital, a polícia solicitou a presença dos peritos, que constataram apenas a marca de tiro contra a parte interna da porta do passageiro. 

Os militares apresentaram às vítimas fotos de um adolescente, conhecido por praticar roubos na região do bairro Mangabeiras. O jovem que aparece nos retratos foi identificado pelas vítimas como um dos assaltantes. Mesmo após o encerramento da ocorrência, na 3ª Delegacia de Polícia Civil, no Barro Preto, os suspeitos do crime ainda são procurados.