Caso solucionado: Djian diz que falas de TN10 foram de 'cabeça quente'

Jogador transformou-se em um dos alvos da torcida por conta de declarações questionando as mexidas de Rogério Ceni na partida contra o Inter, e comportamento contra o Grêmio

Vinnicius Silva/Cruzeiro


Thiago Neves recebeu o respaldo da diretoria apesar de polêmicas recentes
Centro das polêmicas recentes no grupo do Cruzeiro ao questionar a escalação do técnico Rogério Ceni após a partida contra o Internacional, fato que o fez receber críticas e transformar-se em um dos alvos da fúria da torcida, Thiago Neves recebeu o apoio da diretoria. Em entrevista, Marcelo Djian, diretor de futebol do clube, disse que conversou com o camisa 10. 

Na avaliação do dirigente, as polêmicas envolvendo Neves foram superadas; 

"Ele é um dos nossos melhores jogadores, deu uma entrevista de cabeça quente. Acho que isso daí às vezes acontece, no calor de uma partida, até mesmo de uma decepção de quem poderia estar amanhã (hoje) disputando uma terceira final consecutiva (de Copa do Brasil)", apontou o dirigente. 

"Isso já esta solucionado e nós contamos, sim, com o Thiago Neves, que é um jogador muito decisivo para nós", completou Djian. 

Thiago Neves foi um dos símbolos da era Mano Menezes, sendo artilheiro do time nas temporadas 2017 e 2018, essa última ao lado do uruguaio Arrascaeta. Em 2019, ele vem vivendo altos e baixos. No início do ano, quase foi envolvido em uma transferência para o Grêmio. Depois oscilou com lesões e, por último, transformou-se em alvo de críticas por conta de seu rendimento recente em jogos importantes, dentre eles a goleada para o Grêmio por 4 a 1, no último fim de semana. 

Rumores de um afastamento do atleta chegaram a ser anunciados nas redes sociais, mas o clube tratou de desmentir qualquer tipo de situação envolvendo o camisa 10.