Energia de posto de saúde é desligada, e todas as vacinas são perdidas

No total, 627 doses contra doenças como sarampo, febre amarela e hepatite foram danificadas por causa da falta de refrigeração

Prefeitura municipal de Bueno Brandão/divulgação


Uma obra emergencial terá que ser feito no padrão de luz para consertá-lo
Prefeitura municipal de Bueno Brandão/divulgação


Só após o restabelecimento de energia, é que as doses serão repostas no posto de saúde
A ação de vândalos no último fim de semana fez com que o único posto de saúde de Bueno Brandão, no Sul de Minas, perdesse seu estoque de 627 doses de vacinas, para diversas doenças, por falta de refrigeração.

Segundo a prefeitura da cidade, entre a última sexta-feira (6) e a madrugada de segunda-feira (9), a tampa do padrão de energia do centro de saúde foi arrombado, e a mesma foi desligada.

"Foram 627 doses de vacina irrecuperavelmente perdidas por falta de refrigeração, deixando muitas crianças, idosos, pessoas vulneráveis e suscetíveis a doenças que podem ser prevenidas através de vacinação totalmente desprovidas desse serviço", comunicou a prefeitura.

As vacinas que foram invalidadas são contra febre amarela, paralisia infantil (vip e vop), hepatite A, hepatite B, DT ? tétano e difteria, pnemo-10 (contra pneumonia), rota vírus, DTPA ? difteria, tétano e pertussis ? voltada para gestantes, raiva humana, varicela (catapora), BCG, HPV, meningocócica-C (meningite), influenza (gripe) e triviral (sarampo, caxumba e rubéola) ? sendo que só da triviral foram 130 doses perdidas.

Uma obra emergencial terá que ser feito no padrão de luz para consertá-lo. Após isso, a energia deverá ser ligada em até cinco dias úteis. Segundo a prefeitura, só após o restabelecimento, é que Superintendência Regional de Saúde irá começar a enviar as novas doses das vacinas, ainda dependendo do estoque regional que é suprido mensalmente em Pouso Alegre, também no Sul de Minas.

A prefeitura de Bueno Brandão disse que registrou boletim de ocorrência na Polícia Militar (PMMG) e que providências estão sendo tomadas. Câmeras de segurança na vizinhança serão periciadas para a identificação dos responsáveis.