Youtuber que xingou Neymar na web é processado pelo Barcelona

Espanhol publicou uma série de frases ofensivas no Twitter, como 'Neymar filho da p***, está f*** minhas férias' e 'Bartomeu, peça demissão'

LIONEL BONAVENTURE/AFP


Futuro do atacante Neymar foi definido... e agora?
O famoso youtuber espanhol Raúl Álvarez Genes, que conta com mais de 17 milhões de seguidores, revelou nesta quinta-feira que foi processado por Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona.  Em vídeo divulgado no seu canal, Raúl afirma que foi acusado de "proferir comentários contra o Barcelona, o jogador Neymar e o presidente Josep Maria Bartomeu". Mas, segundo ele, "era tudo brincadeira". A acusação faz referência aos posts de Raúl nas redes sociais em 2017. Na época, a mídia comentava sobre a possível saída de Neymar, que hoje está no Paris Saint-Germain, do Barcelona.  O youtuber publicou uma série de frases ofensivas no Twitter, como "Neymar filho da p***, está f*** minhas férias" e "Bartomeu, peça demissão". "Durante o mês de agosto de 2017, durante o marco das notícias sobre a possível saída do jogador Neymar do Barcelona, o senhor Álvarez se dedicou, em especial em seu canal de Twitter, a proferir todo tipo de comentários contra o FC Barcelona, o próprio jogador e o presidente da entidade, o Sr. Bartomeu", diz o processo contra o youtuber, que também se declara torcedor do Barcelona. A acusação, porém, foi arquivada pela Justiça espanhola e Raúl não vai precisar pagar nenhum tipo de indenização para o clube catalão.