Rodrigo Pacheco se filiará na segunda

A expectativa é que o deputado assuma a presidência estadual do DEM

O deputado federal Rodrigo Pacheco, pré-candidato ao governo de Minas, tem nova data marcada para sua filiação ao DEM. Caso não haja mais nenhuma alteração, o evento será realizado na manhã do próximo dia 19, em um hotel na região Centro-Sul de Belo Horizonte. A expectativa é que Pacheco assuma a presidência estadual do DEM.

A mudança de data ocorreu em função de uma mobilização de membros do MDB ? atual partido de Pacheco ? que defendiam a candidatura do deputado federal pela legenda. O ato em defesa de Pacheco foi marcado para o próximo sábado e representará a antecipação da saída de emedebistas da legenda que acompanharão Pacheco no DEM, segundo um interlocutor do partido.

Para o evento de filiação na segunda-feira, já estão confirmadas as presenças do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pré-candidato ao Planalto, e do presidente Nacional do DEM, ACM Neto, além de ministros e prefeitos.

Pacheco decidiu se desfiliar do MDB ao ver o grupo que defendia uma candidatura própria, de oposição ao governador Fernando Pimentel (PT), sair derrotado no partido. O ponto final da relação se deu após a ala refratária a Pacheco conseguir empurrar a decisão sobre um eventual nome do partido para maio, depois do fim da janela partidária, que se fecha no dia 7 de abril. Com isso, Pacheco teria que arriscar permanecer na sigla sem a garantia de que seria o nome da legenda ao governo do Estado.

As conversas do DEM com seu futuro candidato foram reveladas em primeira mão pelo jornal O TEMPO, ainda em dezembro do ano passado.