Chefe da ONU se diz profundamente preocupado com incêndios na Amazônia

Antonio Guterres diz que sociedade não pode permitir 'mais danos a importante fonte de oxigênio e biodiversidade'

HO / NOAA/NASA / AFP


Imagens de satélite da Nasa mostram fumaça de queimadas na Amazônia
O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, disse nesta quinta-feira que está "profundamente preocupado" com os incêndios que devastam áreas importantes da floresta amazônica no Brasil e que cidades brasileiras e peruanas foram cobertas por fumaça.  "Estou profundamente preocupado com os incêndios na floresta amazônica. No meio da crise climática global, não podemos permitir mais danos a uma fonte importante de oxigênio e biodiversidade", disse ele no Twitter.  "A Amazônia deve ser protegida", enfatizou.