Tubulação de mineroduto se rompe e minério atinge manancial em MG

A captação de água foi interrompida pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), que está monitorando a situação

Uma tubulação de mineroduto se rompeu em Santo Antônio do Grama, na Zona da Mata, na manhã desta segunda-feira (7). De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad), com o rompimento, o minério foi despejado no manancial que abastece a cidade e também  o leito do Ribeirão Santo Antônio.

A captação de água foi interrompida pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), que está monitorando a situação e também fará a identificação de alternativas de captação e abastecimento.  A Anglo American Minério de Ferro S.A informou que o rompimento ocorreu por volta de 7h40 da manhã.

?Ainda segundo informações da empresa, o incidente provocou uma despressurização na linha tronco, projetando polpa de minério para o acesso municipal e para o leito do Ribeirão Santo Antônio?, informou a Semad.

?Equipes da Copasa e do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA) da Semad já estão a caminho do local para averiguar a situação e determinar medidas ambientais cabíveis. A Semad esclarece, ainda, que o licenciamento ambiental do mineroduto é feito pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), que também já foi comunicado sobre o ocorrido?, complementou a secretaria.

A reportagem de O TEMPO aguarda mais detalhes sobre o ocorrido com os órgãos responsáveis. 

Aguarde mais informações