Polícia Civil deflagra operação de combate à corrupção em Santana do Paraíso

Foram cumpridos cinco mandados de busca, sendo quatro na cidade de Santana do Paraíso e um em Ipatinga.

Divulgação


A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia de Santana do Paraíso, deflagrou na tarde de hoje(20) a Operação Mérida que visa combater o desvio de verbas públicas. Participaram da operação 22 Policiais Civis distribuídos em sete viaturas sob o comando do Delegado Dr. Bruno Morato.

Foram cumpridos cinco mandados de busca, sendo quatro na cidade de Santana do Paraíso e um em Ipatinga. Um dos alvos da ação é a Gerência de Esportes da Prefeitura de Santana do Paraíso.

O inquérito tramita sob segredo de justiça e por este motivo detalhes da investigação não podem ser revelado neste momento. São investigados delitos de peculato, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

C.R.D, 46 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Segunda Vara Criminal e foi preso nesta no Centro de Santana do Paraíso. Ele não reagiu à prisão.

A operação apreendeu diversos documentos e materiais que agora serão analisados pelos investigadores.

O nome da operação é uma referência à cidade de Mérida, no México, onde em 2003 foi assinada a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção.

O Jornal dos Vales entrou em contato com a assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santana do Paraíso mas ninguém foi localizado para comentar a respeito das acusações.