Morre homem que foi esfaqueado por pedinte em Contagem no domingo

Vítima, de 37 anos, estava internada no Hospital Municipal de Contagem e chegou a passar por cirurgias


Vítima, de vermelho, e autor, de branco e boné, discutiram minutos antes do crime. Foto: Reprodução
Morreu na noite dessa segunda-feira (12), por volta das 18h, o homem de 37 anos esfaqueado na madrugada de domingo (11) em  Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, após se negar a dar dinheiro a um pedinte. A informação foi confirmada pela assessoria da instituição  do Hospital Municipal de Contagem, onde ele estava internado no Centro de Terapia Intensiva desde então.

A vítima chegou a socorrida por um motorista de aplicativo que estava no posto de combustíveis onde ocorreu a confusão. Ele foi levado à UPA JK, mas, pela gravidades das lesões, foi transferido para o Hospital, onde não resistiu às lesões nos órgãos internos provocados por arma branca. No domingo, foram constatadas duas perfurações profundas, uma abaixo das axilas e outra no abdômen. 

Suspeito

Após ser detido por um policial militar à paisana, o autor dos golpes, um homem de 21 anos, dados com um canivete, disse que o dinheiro seria usado para sustentar o vício do crack - informou a Polícia Militar no domingo.

O autor das facadas tem passagens por dano ao patrimônio, roubo e tráfico. Ainda, segundo a polícia, ele deu versões diferentes do caso. Disse estar embriagado e por isso desferiu os golpe. Depois, alegou legítima defesa e, por fim, disse que uma pessoa jogou a faca para ele depois de verem que estava sendo agredido.