Com ausência de Cazares, Vinícius cava lugar no meio-campo do Galo

Meia foi titular das duas últimas partidas na função de armador centralizado; equatoriano está com conjuntivite

Bruno Cantini/Atlético


Vinícius fez o gol da vitória do Galo sobre o Botafogo, na última quarta-feira
Com Cazares no departamento médico por causa de uma conjuntivite, o meia Vinícius deve seguir como titular na partida de domingo, contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. Vina, como também é chamado, também começou jogando diante do Fortaleza, na penúltima partida. O jogador se diz preparado para a sequencia.

"Estou pronto, mas a gente sabe que existe um planejamento. É claro que todo jogador gosta de estar jogando e eu tive um primeiro semestre com algumas oportunidades, não muitas. Agora, neste segundo semestre, estou tendo mais oportunidades de começar jogos com a equipe. Dentro do planejamento, eles vão ver se eu vou estar apto, 100% ou não. Não pode ser fominha, a gente tem um grande plantel e independentemente de quem for para Goiânia, vamos fazer um grande jogo?, disse Vinícius, após o jogo contra o Botafogo, na última quarta-feira, pela Copa Sul-Americana.

Vinícius vem fazendo o papel de um meia-armador que fica mais centralizado, assim como faz Cazares. ?Hoje no futebol, você tem que ser mais versátil. Independentemente da posição, procuro dar o meu melhor, mas tendo o entendimento da função que o Rodrigo Santana preparou. Contra o Botafogo, o grupo entendeu, e fizemos um grande jogo?, destacou se referindo ao embate contra a equipe carioca.