Kim Jong-un e Trump marcam reunião para maio, dizem sul-coreanos

Segundo Chung Eui-Yong, conselheiro de Segurança Nacional da Coreia do Sul, que leu uma carta em frente à Casa Branca, o encontro acontecerá em maio


O ditador norte-coreano Kim Jong-un convidou o presidente americano Donald Trump para fazer uma reunião e o americano respondeu que sim, segundo Chung Eui-Yong, conselheiro de Segurança Nacional da Coreia do Sul, que leu uma carta em frente à Casa Branca. O encontro aconteceria em maio, segundo o representante.

Delegações de alto nível da Coreia do Sul e Coreia do Norte mantiveram um histórico contato em Pyongyang, na semana passada, e preparam outro encontro na chamada Zona Desmilitarizada entre os dois países. Representantes sul-coreanos foram encarregados de entregar em mãos ao presidente americano uma carta de Kim.