Mano destaca vantagem e prega cautela: 'demos o primeiro passo'

Treinador do Cruzeiro diz que time celeste pode 'fazer um jogo melhor' no segundo e decisivo clássico pelo Campeonato Mineiro

Ramon Bitencourt


Mano Menezes ficou contente com a atuação do Cruzeiro, mas espera mais para o segundo jogo
O técnico Mano Menezes admitiu que a vitória sobre o rival Atlético, por 2 a 1, neste domingo, no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, em situação favorável para conquistar o título estadual de 2019, mas se mostrou cauteloso. ?Demos um primeiro passo em direção à conquista do título?, afirmou. Com o triunfo, o Cruzeiro agora tem a vantagem de jogar pelo empate no segundo jogo, no próximo sábado, para se tornar bicampeão em sequência. O Atlético, que fez a melhor campanha na primeira fase e joga por dois resultados iguais, vai precisar vencer o clássico no estádio Independência para levantar a taça. ?Acho que essa reversão da vantagem muda essa maneira como esse jogo pode ser jogado, então vamos esperar, vamos nos preparar para fazermos um jogo melhor do que fizemos aqui. Acho que podemos fazer um jogo melhor para tentar confirmar essa condição?, ponderou o treinador celeste. Mano Menezes reconheceu também que o Cruzeiro teve uma atuação segura na partida deste domingo. ?O Cruzeiro esperava exatamente um jogo assim, penso que podíamos ter rendido um pouco mais, penso que em determinados momento fizemos escolhas um pouco apressadas, principalmente no primeiro tempo", disse. "No segundo tempo voltamos um pouco mais tranquilos, mas a gente não tinha nenhuma ilusão sobre as dificuldades que íamos ter diante de um adversário tradicional como sempre foi, num clássico como se joga aqui ou em qualquer lugar", acrescentou Mano. O treinador espera outra postura do rival no clássico de sábado. ?A questão básica é que o Atlético vai atacar o Cruzeiro no segundo jogo, precisa atacar o Cruzeiro no segundo jogo, e esse fato cria uma nova situação para a partida. A partida foi jogada quase na sua totalidade com o Cruzeiro com a posse e o Atlético jogando em seu campo com as linhas bem baixas, bem próximas à área. Acho que isso muda muito a característica do jogo?, ressaltou.