Governo conta com o que não tem

Zema aposta na privatização da Cemig até o fim do ano, o que parece estar bastante distante da realidade

O governo de Minas conta com o que sabe que não tem. Quando o governador Romeu Zema diz, nos Estados Unidos, que aposta na privatização da Cemig até o fim do ano, parece estar bastante distante da realidade. Hoje a chance de isso acontecer é remotíssima. Já era ontem, antes da declaração do presidente da Assembleia, Agostinho Patrus. Agora, é muito mais. O deputado que comanda a Casa e manifesta o pensamento geral dos colegas deixou claro que o plano de recuperação fiscal não tem apoio no Legislativo e fez uma crítica em especial à tentativa de privatizar a Cemig. Disse claramente que empresas lucrativas não devem ser privatizadas.  Foi praticamente um enterro da proposta. Ouça a íntegra do comentário do editor de Política Ricardo Corrêa: