Boechat ganhou prêmios Esso e trabalhou em principais emissoras do Brasil

O jornalista morreu em um acidente de helicóptero em São Paulo nesta segunda

Ricardo Boechat que morreu após a queda de um helicóptero na tarde desta segunda-feira (11) em São Paulo era um dos jornalistas mais admirados do Brasil. Vencedor de três prêmios Esso, um dos principais de jornalismo brasileiro, o jornalista passou por diversos veículos de imprensa reconhecidos, além de ser  autor do livro Copacabana Palace ? Um hotel e sua história? (DBA). Boechat tinha 66 anos, atualmente era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM, locais onde chegou a ser diretor, e colunista da revista Isto É.  O site Jornalistas & Cia em 2014, fez uma pesquisa que listou cem profissionais do jornalismo, Boechat foi eleito o mais admirado. O jornalista começou sua carreira em 1970 no extinto jornal Diário de Notícias, depois passou pelos jornais O Globo, O Dia, O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil.  Ele é filho de um diplomata brasileiro e nasceu em Buenos Aires, quando o pai servia o Ministério das Relações Exteriores.