Mourinho aceita pena de um ano de prisão e multa por fraude fiscal

Técnico português precisará pagar multa de quase dois milhões de euros

O técnico português José Mourinho aceitou uma pena de um ano de prisão, que não vai precisar cumprir, e uma multa de quase dois milhões de euros por suposta fraude fiscal como parte de um acordo com a Procuradoria da Espanha.

O técnico de 56 anos era acusado de fraude contra o fisco espanhol de parte dos rendimentos obtidos graças à exploração de seus direitos de imagem nos anos 2011 e 2012, quando comandava o Real Madrid.