Zema recontrata parte dos servidores da Rede Minas e Palácio das Artes

Atos assinados pelo governador de Minas anula exonerações feitas no primeiro dia de governo

O governo de Minas recontratou, nesta sexta-feira (11), parte dos servidores da Cultura exonerados no primeiro dia da gestão de Romeu Zema.

Os decretos assinados pelo governador estão publicados no Diário Oficial do Executivo de Minas. Os atos anulam os decretos em que os servidores foram exonerados.

A publicação contém o nome de 39 funcionários da Fundação Clóvis Salgado, que administra o Palácio das Artes, além de 23 servidores do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais e 36 da Fundação TV Minas, responsável pela emissora Rede Minas.

No primeiro dia de governo, Zema decretou a exoneração de servidores comissionados do governo do Estado em diversos setores. Antes da anulação, estimava-se que dos 400 funcionários do Palácio das Artes, apenas 32 permaneceram. Já na Rede Minas, cerca de 35% do quadro dos funcionários foi demitido, entre eles profissionais de várias áreas, como jornalismo, produção, técnica e transporte.

A reportagem entrou em contato com o governo para ter um posicionamento sobre o restante dos funcionários exonerados.

Segundo o governo, os critérios utilizados para as recontratações são técnicos. Em nota, a administração estadual disse que cada órgão tem até este sábado (12) para enviar à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) a relação de ocupantes de cargos comissionados que deverão ser reconduzidos aos cargos.

Leia a nota:

"Os órgãos do executivo estadual irão finalizar nos próximos dias as avaliações dos servidores para que seja feito o devido remanejamento de funcionários efetivos, afim de atender a demanda em todas as áreas da Administração Pública o quanto antes. Além disso, todos os órgãos têm até o dia 12 de janeiro para enviar à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) a relação de ocupantes de cargos comissionados que deverão ser reconduzidos aos cargos, de acordo com critérios exclusivamente técnicos."

Outras recontratações

Além dos sevidores da Cultura, o governo também recontratou parte dos funcionários das seguintes secretarias:

Planejamento e Gestão

Agricultura

Controladoria-Geral do Estado

Desenvolvimento Agrário

Desenvolvimento econônimco, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Esportes

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

Planejamento e Gestão de Abastecimento