Advogado agride companheira com filha de um ano no colo em Varginha

O suspeito foi contido pela população e foi preso; ele não aceitava o fim do relacionamento

Um advogado de 39 anos foi preso depois de agredir a companheira no estacionamento de um supermercado no bairro Vila Paiva, em Varginha, no Sul de Minas Gerais.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher disse que queria terminar o relacionamento, nesta quarta-feira (9), e o homem deu um soco no rosto dela. 

Ainda segundo a polícia, a vítima, de 31 anos, estava com a filha do casal de 1 ano e 8 meses no colo. Ela contou que o homem não aceitava a separação há algum tempo e nesta quarta ficou nervoso quando ela falou novamente do fim do relacionamento. 

O suspeito começou a trocar ofensas com a vítima ainda dentro do carro e impediu que ela saísse do veículo. Depois ele começou a retirá-la a força e deu o soco na mulher. 

Algumas pessoas que estavam no local contiveram o homem e acionaram a Polícia Militar que registrou o Boletim de Ocorrência e levou o homem  preso em flagrante para a Delegacia de Polícia Civil de Varginha. 

O nome do suspeito não foi divulgado pela Polícia Militar.