Atum é vendido por US$ 3,1 mi no Japão, em novo recorde

Peixe de 278 quilos alcançou o valor inesperado para o primeiro pregão de 2019, no novo mercado de Toyosu

Um atum de 278 quilos atingiu neste sábado o preço recorde de 333,6 milhões de ienes (3,1 milhões de  dólares) em Tóquio, um valor inesperado para o primeiro pregão de 2019, no novo mercado de Toyosu.

"É um bonito atum, e mais caro que o previsto", comentou o comprador Kiyoshi Kimura, proprietário da rede de restaurantes Sushi Zanmai.

O atum foi pescado na costa da prefeitura de Aomori, no norte do arquipélago japonês. 

O preço pago supera os 10 mil dólares o quilo.

Às 05H10 da manhã (18H10 Brasília), as campainhas soaram para marcar o início do pregão, no qual centenas de atuns - frescos ou congelados - são arrematados durante um espetáculo visual e sonoro que apenas os entendidos conseguem compreender.

Foi o primeiro pregão do ano no Toyosu, inaugurado em 11 de outubro para substituir o lendário mercado de Tsukiji, fechado após 80 anos de existência.