Recuperandos da APAC de Santa Maria do Suaçuí concluem curso de mecânica

Solenidade de formatura será no dia 1º de março, às 18h, na Apac local

O trabalho é um dos pilares da metodologia Apac, pautada na execução humanizada da pena privativa de liberdade. Com foco na importância da capacitação e profissionalização de recuperandos, de forma a prepará-los para a inserção no mercado de trabalho, o Programa Pró-Apac, realizado pelo Instituto Minas Pela Paz, em parceria com a Escola Móvel do Sesi/Senai, finaliza o curso de mecânica de automóveis na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Santa Maria do Suaçuí, certificando 30 recuperandos. A solenidade de formatura será em 1º de março, às 18h, na Rua Safira, 665, Bairro Varjão.

A iniciativa tem o apoio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), por meio do Programa Novos Rumos, da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (Fbac), da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), da Isvor, Universidade Corporativa da FCA, do Serviço Nacional do Comércio (Senac) e do movimento Tio Flávio Cultural. O curso profissionalizante alia teoria e prática realizada em equipamentos, ferramental e carros, preparando os alunos para a atuação profissional imediata após a conclusão do curso.

Conforme ressaltou o gerente de projetos do Minas Pela Paz, Enéas Melo, o curso tem atraído a atenção dos recuperandos por oferecer uma qualificação de alto nível, que lhes dá condições de atuar em uma empresa privada ou, até mesmo, como autônomos. De 2015 até agora, cerca de 460 reeducandos de 17 Apacs já concluíram o curso.

Oportunidades

Esperançoso, o recuperando C., que cumpre pena no regime fechado, vê na iniciativa uma oportunidade para ele e para os companheiros: “Ao sairmos em liberdade, esse aprendizado vai nos abrir muitas portas”. Agradecido, ele externou o desejo de que novos cursos sejam ofertados para aperfeiçoamento das técnicas aprendidas.

Comungando dessa opinião, o recuperando A., que também cumpre pena em regime fechado, declarou que todos os dias vê uma nova chance para ele e para os amigos da Apac. “Mesmo diante das minhas dificuldades com a leitura e a escrita, adquiri conhecimento, e esse curso de mecânica vai nos proporcionar muitas oportunidades," afirmou.

Participam da solenidade representantes do TJMG, da Apac local, do Instituto Minas Pela Paz e parceiros. Na oportunidade, serão apresentadas aos convidados as características da metodologia Apac, bem como serão discutidas as possibilidades de parceria com as instituições públicas, empresariais, educacionais e com a comunidade do município de Santa Maria do Suaçuí.

Apacs

As Apacs são entidades autorizadas a realizar execução penal em parceria com o Governo e com o Tribunal de Justiça, onde a rígida disciplina se alia à valorização humana. São unidades prisionais complementares ao sistema comum que vêm apresentando resultados eficientes na recuperação de detentos e na redução da reincidência criminal.

Nos centros de reintegração social (CRS), exige-se o compromisso de cada recuperando com a realização das atividades de manutenção e funcionamento da unidade, limpeza, organização, preparação de alimentos, entre outras. A educação e o trabalho influenciam positivamente na vida dos recuperandos, elevando sua autoestima.