Romeu Zema assina termo de compromisso com a Agenda de Convergência

Composta por lideranças empresariais, públicas e do terceiro setor ACVA atua em eixos para desenvolver a infraestrutura, segurança, saúde, educação, competitividade e sustentabilidade da região

Divulgação


Em visita ao Vale do Aço nessa quarta-feira, 17/10, o candidato ao Governo de Minas, Romeu Zema, reuniu-se com lideranças políticas, empresariais e comunidade no auditório da FIEMG Regional Vale do Aço para apresentar suas propostas, caso eleito no próximo dia 28/10.

Na oportunidade, o candidato do Partido Novo, assinou um termo de compromisso com a Agenda de Convergência do Vale do Aço - ACVA focada no aumento de competitividade e sustentabilidade dos municípios baseado nas propostas de desenvolvimento elencadas coletivamente por lideranças, especialistas e comunidade no Fórum Vale do Aço 2030 – O futuro que queremos”.

“Declaro aqui meu apoio a Agenda de Convergência e reconheço a importância da região para o estado de Minas. No meu governo vou atacar na redução de despesas e aumento da arrecadação, sem aumento de impostos. Minas Gerais é o estado que tem o ICMS mais complexo do Brasil e as maiores alíquotas, temos que reverter essa situação e trabalhar com transparência”, defendeu.

Flaviano Gaggiato, presidente da FIEMG Regional Vale do Aço e coordenador da Agenda de Convergência pontuou algumas das conquistas da iniciativa como os Avanços na Duplicação da BR -381, Ascensão da 3ª Cia Ind. dos Bombeiros à Batalhão em Ipatinga e Mobilização para regionalização do SAMU e reforçou a importância do governo do Estado em apoiar os eixos de desenvolvimento do Vale do Aço.

“É importante ressaltar que a Agenda de Convergência é apartidária, não estamos apoiando esse ou aquele candidato, estamos dispostos a ouvir as propostas e votar conscientemente em candidatos que estejam realmente comprometidos com a região. As portas da FIEMG e das demais entidades que compõem a Agenda de Convergência estão abertas para o diálogo e o exercício da democracia”, concluiu.

Divulgação